vitamina K
Prescrita para todos os sexos e idades, pode tomar-se a qualquer hora do dia.
Não lhe são conhecidos efeitos secundários.

.romance captain.

30.7.07
|#| Há dez anos lançavam-se no mundo da música. “Cão” era o título do seu trabalho de estreia. Dois anos depois, era a vez de “O Mostro Precisa de Amigos”. Manel Cruz (voz), Nuno Prata (baixo), Peixe (guitarra), Kinörm (bateria) e Elísio Donas (teclados), eram mais uma prova de que no Porto nascem muitos e bons poetas. Eram os Ornatos Violeta. A carreira, efémera, não impedia que fosse considerada a melhor banda portuguesa de todos os tempos. Fica a saudade…

Read On 1 (im)Pacientes

.victory pain.

29.7.07

|º| Tarde com cerca de 40º. Jogo sofrido – U. Leiria x Hajduk Kula. Noventa minutos de seca extrema. Um golo nos descontos. Prolongamento com mais quatro, três deles de grande penalidade. Emoção até aos últimos minutos. Quatro a um no final. Leiria na UEFA!
Read On 0 (im)Pacientes

.what a show.

25.7.07
|º| Imagine-se um mix de Cristiano Ronaldo e Ronaldinho. Chama-se Rhain Davis e tem apenas nove anos. A história, recente, conta-se em poucas palavras: um familiar filmou o pequeno craque a jogar; colocou o vídeo na Internet; os olheiros do Manchester United viram-no … e contrataram o pequeno “10”. Para (re)ver aqui.
Read On 1 (im)Pacientes

.nothing in my way.

23.7.07
|#| Os Keane estão de volta ao nosso país para um concerto no dia 3 de Agosto, no Parque da Cidade, Porto. Depois de terem actuado, o ano passado, no Festival Super Bock Super Rock, a banda de Tom Chaplin regressa com o seu mais recente trabalho “Under The Iron Sea”. Se a chuva não aparecer, parece não haver nada que impeça a banda britânica de brindar o público com um bom concerto. Enquanto, isso, aqui fica uma amostra…
Read On 1 (im)Pacientes

.the skin of my yellow country teeth.

22.7.07
|#| Ora ai está uma música (com um título interessante), vindo de uma banda com um nome muito sugestivo: Clap You Hands and Say Yeah! São de Brooklyn - Alec Ounsworth (voz, guitarra), Lee Sargent (teclados), Robbie Guertin (guitarra e teclados), Tyler Sargent (baixo e guitarra) e Sean Greenhalgh (bateria) – e estiveram recentemente entre nós, no SBSR 2007. Para quem gosta da sonoridade dos Arcade Fire e/ou Yo La Tengo, aqui fica a sugestão (não te esqueças de sorrir e no final… aplaudir)…

Read On 0 (im)Pacientes

.quiet town.

21.7.07
|#| “Subtitulo” é o mais recente trabalho do songwriter Josh Rouse que, segundo anuncia no seu site, vem ao nosso país nos dias 26 (Aula Magna, Lisboa) e 27 (Teatro Circo, Braga) de Novembro. Uma oportunidade para os fãs do músico, ou com preferências que passem pela musicalidade de Rufus Wainwright ou Damien Rice, ouvirem, entre outras, “Quiet Town”…

Read On 0 (im)Pacientes

.lights, camera… action.

19.7.07
|| Três estreias cinematográficas em quatro semanas! Para quem não metia os pés numa sala de cinema há uns bons tempos (qual tinha sido mesmo a última película?), é obra.


Fantastic Four: Rise of the Silver Surfer é o típico filme recriado a partir dos quadradinhos. Acção e efeitos especiais para lá de muitos (que até enjoa). “Salvaram-se” o director de fotografia (planos muito bons) e Jessica Alba (pelos atributos físicos).


Shrek: The Third foi, definitivamente, o melhor. Rir do primeiro ao último segundo (mesmo até ao final dos créditos). Graças ao excelente trabalho desenvolvido pela equipa de animadores, que passou horas a fio a procurar o melhor efeito (e que tive a oportunidade de ver no making of), as animações ficaram perfeitas. Ainda que com algumas piadas repetidas, dos filmes anteriores, o terceiro não perde piada nenhuma.


Harry Potter: Order of the Phoenix é mais do mesmo. O pequeno feiticeiro entretanto está mais crescido, tal como os seus amigos. Howards mantem-se no mesmo sitio, tal como a acção e efeitos especiais que não trazem nada de novo. Mais um capitulo para não desanimar a legião de fãs e, assim, fazer “render o peixe”.
Read On 2 (im)Pacientes

.last report.

18.7.07
|#| Sereno e intenso, assim é o som dos The Evpatoria Report. Guitarras, baixo, bateria, violino e teclado compõe esta banda da Suiça, formada em Janeiro de 2002. Lançou o seu primeiro, e único, álbum – Golevka – três anos mais tarde. Enquanto se aguarda por novo trabalho, que se encontra em preparação, aqui fica “Last report”, uma amostra do álbum de 2005. Vale a pena ouvir, sobretudo os fãs de Sigur Rós ;)

Read On 0 (im)Pacientes

.do not forget.

18.7.07
Read On 4 (im)Pacientes

.superstars.

16.7.07
|#| Ora aí está uma amostra do que se pode esperar do novo trabalho de David Fonseca. “Superstars” surpreende pela criatividade, aliás uma característica deste marrazense. Consegue ser ainda um tema muito actual. Vale a pena ver… e ouvir…
Read On 3 (im)Pacientes

.summer @ the city.

13.7.07

|*| “Praça Viva” é uma iniciativa de âmbito cultural, que vai animar algumas praças leirienses, de 14 de Julho a 14 de Setembro. São dois meses de animação, com um leque variado de ofertas. Agenda de espectáculos disponível aqui.
Read On 0 (im)Pacientes
Read On 0 (im)Pacientes

.friends are.

10.7.07
|!| …the ones that always tell us the truth, no matter what.
Read On 3 (im)Pacientes

.one.

9.7.07
Read On 0 (im)Pacientes

.nerdisses.

6.7.07
|@| Dava um bom título a sugestão que ouvi há dias – NERDisses. Tudo porque, depois de terem achado que “ah e tal…” aqui fizeram um bom trabalho, agora querem meter-nos aqui. Whatever…
Read On 0 (im)Pacientes
Read On 0 (im)Pacientes

.manea cu voca.

3.7.07

|#| São os Fanfare Ciocarlia e têm encontro marcado com o público leiriense dia 5, pelas 21h30, no Teatro José Lúcio da Silva. Para quem já viu o “Gato Preto, Gato Branco”, de Emir Koustorika, a sonoridade não será totalmente desconhecida. Ainda assim, aqui fica uma amostra, intitulada “Manea Cu Voca” (seja lá o que isso for):

Read On 0 (im)Pacientes

.champions without trophey.

1.7.07

|º| Marcar primeiro, ter a mão na taça e não ganhar. Foi curto o sonho da Golpilheira, na final da Taça de Portugal de futsal feminino, frente ao Benfica, merecidamente aplaudido no Pavilhão de Almeirim.


Engane-se quem pensa que o futebol é para homens e que nesta modalidade, no feminino, o jogo é só “pontapé para a frente”. Há técnica, cultura táctica… e pulmão. O Benfica, com um andamento claramente superior, é disso exemplo. Alheia não será a conquista da Taça Ibérica e do terceiro lugar na Taça Intercontinental.


No derradeiro jogo, o resultado final foi de 5-2, favorável à equipa encarnada, que teve que suar para levar o caneco para casa. Estranho, ou nem por isso, foram os festejos efusivos da claque golpilheirense no final e que, por momentos, abafou por completo a exuberância da equipa, e claque, vencedora. Os motivos não eram para menos. Se não vejamos:


1. Primeira vez que uma equipa do distrito de Leiria chega tão longe na prova;
2. A equipa viu-se embrulhada num processo disciplinar instaurado pela Federação Portuguesa de Futebol à equipa que devia ter inicialmente defrontado na meia-final;
3. Resolvida a questão enunciada no ponto anterior, cerca de duas semanas depois, e quando já o Benfica tinha garantido o acesso à final, a equipa viu-se obrigada a disputar a meia-final, a duas mãos, frente a um novo adversário e num espaço de três dias;
4. A Golpilheira chega à final, onde realiza o terceiro jogo em sete dias, com consequências, visíveis, na condição física das atletas.


Pelo exposto; porque à partida, mesmo sem estes condicionalismos, já seria um jogo difícil; porque a equipa de arbitragem, sem influenciar o resultado, foi, por vezes, tendenciosa; pelo empenho que, apesar de tudo, demonstraram na final, aqui fica um PARABÉNS GOLPILHEIRA.

Read On 0 (im)Pacientes

(im)Pacientes


Marcas

Vitaminómetro

Vitaminodependentes

+Vitaminas