vitamina K
Prescrita para todos os sexos e idades, pode tomar-se a qualquer hora do dia.
Não lhe são conhecidos efeitos secundários.

.tak: dreams medina.

29.5.08

|| O pai idealizou e ela internacionalizou. Em 1985, cerca de 1,3 milhões de pessoas assistiam, no Brasil, ao nascimento do Rock in Rio. A menina – 6 anos – Roberta Medina adormecia, então, pelos camarotes daquele que se viria a tornar um dos maiores eventos a nível mundial. Actualmente com 30 anos, a filha de Roberto Medina é directora-geral do Rock in Rio Lisboa e presidente da Dream Factory, uma empresa brasileira dedicada à produção de eventos e com representação em Portugal. Empresária de sucesso assume que “nada é impossível.”


O primeiro Rock in Rio foi há cerca de 23 anos, no entanto, recorda melhor a segunda edição, em 1991, dado que “estava interessada mesmo era nos New Kids on the Block.” De espectadora a produtora – a sua grande paixão – passaram 6 anos. Com 17, e depois de um evento da Disney em que esteve envolvida, surge uma grande questão: “No processo da organização da 3ª edição, o meu pai colocou-me o desafio de coordenar a produção. Aí foram dois minutos de sim, não, sim, não... e eu como sempre gostei de desafios acabei por aceitar”, revela. Volvidos 7 anos, em 2004, dava-se a primeira internacionalização do evento e a “cidade rock” mudava-se de armas e bagagens do Rio de Janeiro para Lisboa.


Mas nem só de música se faz o Rock in Rio. “’Por um Mundo Melhor’ sai de uma crença muito pessoal, e nasce mesmo antes do marketing social, até porque eu como filha muitas vezes antes de ir dormir, ficava a filosofar com o meu pai sobre o mundo”, recorda. Entretanto cresceu, mas a determinação permaneceu. É por isso que Roberta Medina pretende, com as diferentes iniciativas associadas ao evento, “que as pessoas se questionem acerca de que mundo melhor é esse que pode existir.”


Com formação em Comunicação Social, fixou residência em Lisboa, onde “dizem que já pareço mais portuguesa do que brasileira.”

Texto: PJ in Akadémicos#27
Foto: Agência Zero
Read On 1 (im)Pacientes
Read On 0 (im)Pacientes

.maybe is not enough.

22.5.08

|º| Ora então aqui vai (inspirar profundamente): 42 golos apontados, que lhe valeram os títulos de melhor marcador da Premier League e da Champions League; campeão de Inglaterra pelo Manchester United, onde foi considerado o melhor jogador da época 2007/08 (Barclays) e o melhor jogador do ano em 2007 e 2008 (PFA); campeão da Europa pelo mesmo clube, prova onde foi ainda considerado como o melhor jogador… e ainda falta o Euro 2008.


Já merecia a época passada. Esta, ainda mais. Nem precisava ter ganho tanta coisa. Podíamos ficar pela metade. Definitivamente é o melhor do Mundo… ou será ainda necessário que Portugal vença a final no Áustria/Suiça?
Foto: Getty Image
Read On 1 (im)Pacientes

.don't mess with this one.

14.5.08

|| General Cosgrove was interviewed on the radio recently. You'll love his reply to the lady who interviewed him concerning guns and children. Regardless of how you feel about gun laws you gotta love this! This is one of the best comeback lines of all time. It is a portion of an ABC interview between a female broadcaster and General Cosgrove who was about to sponsor a Boy Scout Troop visiting his military headquarters


FEMALE INTERVIEWER: So, General Cosgrove, what things are you going to teach these young boys when they visit your base?


GENERAL COSGROVE: We're going to teach them climbing, canoeing, archery and shooting.


FEMALE INTERVIEWER: Shooting! That's a bit irresponsible, isn't it?


GENERAL COSGROVE: I don't see why, they'll be properly supervised on the rifle range.
FEMALE INTERVIEWER: Don't you admit that this is a terribly dangerous activity to be teaching children?


GENERAL COSGROVE: I don't see how. We will be teaching them proper rifle discipline before they even touch a firearm.


FEMALE INTERVIEWER: But you're equipping them to become violent killers.


GENERAL COSGROVE: Well, Ma'am, you're equipped to be a prostitute, but you're not one, are you?


The radio went silent and the interview ended.

Read On 0 (im)Pacientes

.thank u.

10.5.08

|º| Página 127, coluna central… do Livro do Prémio. Não ganhei nenhum (nem esperava), no entanto, foi como se tivesse. Afinal, não é todos os dias que se vê um trabalho publicado num livro que reúne as melhores (entre 6848). Mais: para quem ainda agora começa a dar os primeiros passos; que só na véspera resolveu participar; que passou quase um dia a vasculhar um arquivo de um ano; teve 40 registos avaliados por um júri prestigiado… “soube que nem gingas.”


Acima de tudo é um estímulo: para não perder a esperança de voltar a ter uma máquina e, depois, para continuar a fazer uma coisa que tanto gosto.


The last, but not the least: três agradecimentos: a Deus (pelos dons – entre eles este); à namorada (a principal “culpada”); a todos os amigos e colegas (que têm estado aí).


Na foto, Cátia Ferreira (Juventude Vidigalense) finaliza, em primeiro lugar, a estafeta 4x100 metros, no Estádio Municipal de Leiria.


As melhores imagens do Prémio Fotojornalismo Visão|BES e do World Press Photo 2008 estão patentes no Museu da Electricidade, Lisboa, de 10 de Maio a 8 de Junho.

Read On 3 (im)Pacientes

.europe (to)day.

9.5.08

|!| Com 27 Estados-Membros e uma população de perto de 500 milhões de habitantes, a União Europeia abrange grande parte da Europa. Desde a sua criação, tem providenciado no sentido de trazer prosperidade e estabilidade aos seus cidadãos. As suas políticas e as suas acções afectam nos a todos directa e indirectamente.


A União Europeia propõe-se constituir uma sociedade justa e solidária, empenhada na promoção da prosperidade económica e na criação de emprego, tornando as empresas mais competitivas e dotando os trabalhadores de novas competências.


Em cooperação com os seus vizinhos e com outros países, a UE procura que os valores da prosperidade, do progresso democrático, do Estado de direito e dos direitos humanos se propaguem para além das suas fronteiras. A União Europeia é a maior potência comercial, constituindo simultaneamente uma importante doadora de assistência técnica e financeira aos países mais pobres.





Read On 0 (im)Pacientes

(im)Pacientes


Marcas

Vitaminómetro

Vitaminodependentes

+Vitaminas